:: ADSNet Telecom ::

Bem vindo ao Suporte da ADSNet

Navegue pelas perguntas mais frequentes e envie as suas próprias dúvidas para o Suporte ADSNet.​

Vídeos

Explicativos

Dúvidas

Gerais

Possuir endereço dentro da nossa área de cobertura, RG, CPF, informar um e-mail válido. Não será feita consulta ao SPC / Serasa.

A assinatura deve ser feita pelo assinante com idade maior ou igual a 18 anos.

Isso ocorre quando houver um problema que não é de responsabilidade da ADSNET e mesmo assim foi feito o acionamento técnico. A taxa em questão é cobrada devido ao deslocamento técnico desnecessário. O suporte técnico por telefone, estas questões frequentes ou até mesmo a própria internet, existe justamente para que certos problemas possam ser resolvidos com facilidade e o cliente não tenha que pagar taxa extra caso exista um problema de simples detecção e solução. Detalhe importante, caso o problema seja com o serviço prestado pela ADSNET, a manutenção e GRATUITA.

Garantia da velocidade contratada, latência baixa, pouquíssima manutenção, sem pacote de dados,  valores acessíveis, não usa linha telefônica.

É o empréstimo de todo material, equipamento necessário para utilização do serviço, sem que ocorra cobrança extra por isso. Sendo assim, tais aparatos fica em responsabilidade do assinante, devendo ser devolvido caso o assinante cancele o contrato. Detalhe importante, em caso de problemas comprovado nos equipamentos, eles serão substituídos de forma gratuita.

Em geral você paga pela quantidade máxima de dados que você conseguirá transferir em um segundo. Os planos domésticos, em geral, se referem a capacidade máxima de download em Megabits por segundo (Mbit/s).

Soluções de

CONECTIVIDADE

Isto e um aviso que o sinal da fibra óptica não esta sendo reconhecida pelo modem. Sendo assim, entre em contato com nossa central de atendimento para mais informações e uma possível visita de um técnico.

Desligue o modem, através do botão existente na parte traseira do equipamento, espere alguns segundos (30s), re-ligue novamente. Ao mesmo tempo, desligue e ligue, todos os equipamentos que formam a rede internet como os roteadores wi-fi. Após 3 minutos o acesso a internet deve se normalizar. Caso contrário, entre em contato com nossa central de atendimento.

Isto significa que o computador não recebeu o endereço IP fornecido automaticamente pelo modem. Certifique que nas configurações do computador, esteja habilitado obtenção de IP automático. Após verificação, se faz necessário tirar o cabo de rede, que liga o modem ao computador, e religa-lo em seguida. Caso problema não seja resolvido, entre em contato com nossa central de atendimento para orientações.

Verifique os indicativos luminosos do modem, conforme procedimentos anteriores. Caso utilize roteador wi-fi, verifique as conexões físicas, entre o modem e o roteador. O cabo deve ser ligado na porta LAN1 do modem e na porta WAN do roteador. Geralmente esta porta tem cor diferente das demais.

Verifique se a porta PON do modem está acesa de forma continua, na cor VERDE e a porta LAN1, esteja ativa. Esses são os indicativos de normalidade. Caso a porta LAN1 esteja apagada, o problema está entre o modem e o dispositivo do assinante, seja computadores ou roteadores. Na ocasião em que a porta PON esteja apagada, piscando em vermelho, ou piscando em verde, entre em contato com nossa central de atendimento.

Verifique a conexão entre a porta LAN1 do modem da fibra óptica e a placa de rede. Os cabos devem esta firmemente ligados, e ambas com as luzes acesas (led). Se não estiver acesa, desligue o computador e re-ligue em seguida. Se o problema persistir, desligue o modem, através do botão existente na parte traseira, espere 30 segundos e ligue-o novamente. Se não funcionar, caso seja possível, repita o processo conectando o cabo em outro computador. Por último, troque o cabo de rede se isso também for possível. Ao final, se não funcionar, entre em contato com nossa central de atendimento.

Somente em situações onde o assinante possui alimentação elétrica alternativa para o modem (nobreak). Nestes casos, o acesso e garantido enquanto existir carga nas baterias.

Isso pode esta relacionado ao serviço de DNS. Alguns roteadores por padrão de fabrica, utilizam servidores de DNS publico como o Google (8.8.8.8, 8.8.4.4) ou OpenDNS (208.67.222.222, 208.67.220.220). Estes servidores estão localizados em outros países e estão sujeitos a INDISPONIBILIDADE. E altamente recomendado que utilize nossos servidores como PRIMARIO, e como segundario, algum publico de sua preferencia. Entre em contato e solicite o endereco de nossos servidores de DNS.

Dúvidas

TÉCNICAS

Neste caso, rede quer dizer “conjunto”. Uma rede de computadores é um conjunto de computadores interligados. O termo LAN (usado inclusive em Lan House) denomina um tipo de rede local.

Na Internet, você se comunica usando IP. O nome da página é automaticamente convertido em IP sem que você note. Você consegue acessar uma página APENAS com o IP porém é muito mais fácil recordar de um nome do que de um número como o IP. Além disto, uma página pode estar associada a diversos computadores por isso sempre digitamos o nome da página ao invés do IP.

A latência mede o tempo necessário para uma mensagem ir a um destino e voltar deste. Ela também é conhecido por Ping e por RTT (Round Trip Time). A latência aumenta de acordo com a distância e a qualidade do caminho que precisa ser percorrido.

TCP é a forma mais comum de transferir dados na Internet. O TCP garante que o conteúdo enviado chegue ao seu destino. Se algo é perdido, a origem reenvia todos os dados novamente.

IP é o endereço que identifica um computador conectado à Internet ou a alguma rede baseada em IP. Esta identificação pertence à sua operadora e lhe é fornecida sempre que o seu computador ou seu roteador se conectam. Todos na web possuem um IP, inclusive os servidores que fornecem as páginas de Internet.

Tudo que trafega na Internet é considerado um pacote. Em invés de todos os dados serem enviados em um único bloco grande de informações, os computadores enviam vários blocos pequenos, chamados pacotes.

Se você envia uma mensagem por segundo, espera-se que elas cheguem com um intervalo de um segundo entre elas. A diferença entre a hora real de chegada e a hora esperada é o Jitter.

Sempre que um programa precisar garantir a integridade do dado, ela usará TCP. Uma mensagem de texto precisa estar inteira, senão não será possível lê-la. O mesmo vale para imagens, e-mails etc.

Roteador

Wi-Fi

Roteadores são os equipamentos que permitem a interligação das redes, isto é, eles são os responsáveis pela comunicação entre redes distintas.

Se dentro de um ambiente você tem mais de uma opção para se conectar a Internet é indício que você está usando um roteador, por exemplo se você está conectado em uma rede sem fio (Wi-Fi), você está usando um roteador.

Rede sem fio facilita o acesso a internet em qualquer lugar a partir de um raio máximo de alcance do ROTEADOR. Lembrando que este alcance e limitado. Para funcionar, ondas de radio são emitidas no ambiente, porém para essa modalidade de comunicação, interferências eletromagnéticas de outros equipamentos, ocasionam perda da estabilidade, quedas de velocidade e consequentemente a interrupção do sinal WI-FI.

Existe a possibilidade de melhorar o acesso WI-FI, considerando as dicas:

Localização do roteador: Instale o roteador em um local centralizado da sua residência. O sinal do roteador e emitido em 360 graus ao seu redor. Se colocado no canto da casa, parte do sinal é perdido, pois será emitido para fora do ambiente. Ao centro, a distribuição será mais homogênea é uniforme. Importante também, manter certa distancia do chão, (entre 1,5 e 2m), isso diminui as barreiras com objetos que ficam em cima de mesas e balcão. O roteador não deve ficar próximo de aquários e vasos com água, pois a água absorve as ondas eletromagnéticas funcionando como uma barreira. Não colocá-lo dentro de armários, pois isso reduz a potência do sinal. Jamais instale-o próximo a telefones sem-fio, walkie-talkies, aparelhos de som, reatores de lâmpadas fluorescentes e até televisores de plasma ou LCD, pois geram níveis de interferência que, quando somados em um ambiente, podem impedir a propagação adequada do wi-fi.

Antena do roteador: Não se deve obstruir a antena do roteador. Quando existem antenas externas, mantenham sempre na posição vertical, isso melhora a propagação do sinal.

Dispositivos: O tipo do roteador e os modelos dos notebooks, tablets e smartphones influenciam no desempenho da internet sem fio. Desabilite o bluetooth de smartphones e tablets quando não estiver usando. Quanto mais afastado o dispositivo estiver do roteador, menor será a velocidade atingida na rede sem fio. A densidade das paredes de alvenaria, que usam tijolos e cimento, diminui drasticamente a potência do sinal wi-fi. Quando a espessura é muito grande ou existe uma série de obstáculos a vencer, o sinal simplesmente fica sem força em um determinado ponto, impossibilitando a conexão. Quando o ambiente for muito amplo, é interessante a instalação de outros pontos de acesso conectados por cabo.

Precisa ser realizado o RESET das configurações. Ao resetar, as configurações voltam aos valores padrão de fábrica. Será necessário refazer as configurações, para isso deve ser consultado o manual do fabricante e ter conhecimento técnico. Lembrando que a garantia do seu acesso, é a correta configuração deste dispositivo.

Não! A fibra óptica funciona através da emissão de luz, sendo livre de qualquer interferência que prejudique o sinal. Já a transmissão do Wi-Fi e feita por ondas de rádio em frequências variáveis de acordo com o modelo escolhido, suscetíveis a interferências do meio externo. A velocidade é naturalmente menor, devido a mecanismos que a fazem ser tão segura quanto uma transmissão via fibra óptica. Com isso, evidentemente diminui sua eficiência.

Redes sem fio são os exemplos mais comuns de utilização de roteadores. Caso você possua apenas um modem com acesso a Internet e deseja que várias pessoas consigam acessar a Internet simultaneamente através de outros computadores ou dispositivos, você precisará de um roteador.

Não! Inclusive se sua Internet apresenta-se “instável”, sempre suspeite dele. Para permitir o compartilhamento entre as várias máquinas, é necessário alguns “cálculos”, que influenciam diretamente a qualidade da sua Internet. Além disso, em roteadores sem fio, paredes e até outros roteadores podem fazer com que dados sejam corrompidos e perdidos.

A velocidade de transmissão depende do número de dispositivos conectados (smartphone, smartTV, tablet’s, etc.) e também da distância destes dispositivos e o ROTEADOR WIFI. Outros fatores que precisam ser levados em consideração são: paredes entre o emissor de WIFI e o dispositivo, grande concentração de água, como: aquários, caixas d’água, quedas d’água, aparelhos que geram interferência na rede elétrica ou flutuação na voltagem, como: motores elétricos, elevadores, chuveiros, inclusive de eletrodomésticos (aspiradores, torradeiras, ferros de passar), aparelhos que emitem ondas eletromagnéticas, como: telefones sem fio, forno micro-ondas, walkie talkies, aparelhos de som, reatores de lâmpadas fluorescentes, televisores de plasma ou LCD, outras redes sem fio (roteador do vizinho na mesma frequência, repetidores wireless, etc.).

Sempre escolha um equipamento com as seguintes características: Interface (WAN) 10/100/1000Mbps com porta RJ-45 e 4 ou mais Portas (LAN) 10/100/1000Mbps, suporte a IPV4 e IPV6. De preferência a frequência 5GHz com suporte a padrão 802.11ac. Para performance superior, modelos com 2 ou mais antenas são desejáveis.

A potência do sinal influencia na qualidade da transmissão dos dados, quanto menor o sinal provavelmente haverá mais perda de pacotes, jitter elevado, entre outros problemas.

Canal é a via em que os dados trafegam na rede, se duas redes Wi-Fi próximas estão no mesmo canal possivelmente haverá interferência causando problemas nas conexões.

Testando a

Internet

Os medidores de velocidade, em sua grande maioria, calculam a velocidade média de download/upload de um arquivo. Estes medidores ficam hospedados em outros provedores, que por sua maioria limitam a velocidade de teste, ou possuem conexão com a internet com velocidade inferior a que você tem com a ADSNET. Outro fator influenciador, é a quantidade de usuários simultâneos no momento do teste, formando um congestionamento. Estes fatos contribuem para um resultado IMPRECISO. O ideal é utilizar várias aplicações simultâneas (downloads, streaming de vídeo, etc.) e utilizar softwares que medem a velocidade de transferência de dados com a internet. Lembrando que, para efeitos contratuais, todo teste deve ser realizado conectado diretamente no modem da fibra óptica, desprezando os testes através de acessos WIFI.

Hoje, o Simet é um dos medidores mais recomendados por ser o único que mede todas as exigências destacadas na Resolução da Anatel, sendo que a metodologia adotada pelo Simet e os parâmetros mínimos de qualidade foram acordados em longas reuniões com as operadoras de telefonia e provedores de acesso à Internet.

A Internet é formada por diversas redes de computadores que se interligam. Se um teste for feito em um local muito longe, como em outro país, não estaremos testando a qualidade da rede da sua operadora ou provedor, e sim a rede de outros provedores que são utilizados para chegar ao local do teste. Como os principais provedores brasileiros estão ligados em algum PIX(Internet Exchange Point), os testes feitos em qualquer PIX garantem que os problemas encontrados não são de redes de terceiros.

Se você utiliza roteador wi-fi, sugerimos que verifique se as configurações estão corretas e que a conexão esteja protegidas por senha, evitando que vizinhos utilize de forma indevida o sinal oriundo do seu roteador.

 

Através das Resoluções nº 574, de outubro de 2011, a Anatel definiu métricas para aferição da qualidade de acesso à Internet em Banda Larga Fixa. Os resultados em 95% das medições mensais devem atender aos seguintes critérios para serem considerados bons:

TCP DOWNLOAD = 40% da máxima contratada

UDP DOWNLOAD = 40% da máxima contratada

RTT / LATÊNCIA = até 80ms

JITTER = até 50ms

PERDA DE PACOTES = até 2%

O mais provável é que o local ou o caminho até onde os dados estão está com problemas.

Pode ser um bloqueio no seu roteador. Caso você não esteja usando um roteador, isso pode indicar um problema de configuração da sua máquina.

Os testes são feitos em um PIX(Internet Exchange Point) mais próximo de você ou em servidores que ficam no NIC.br em São Paulo. Um PIX(Internet Exchange Point), ou Ponto de Troca de Tráfego, é um local onde empresas e provedores se conectam para trocar “tráfego de Internet” diretamente entre si. Para maiores informações acesse http://simet.nic.br

Por serem “ao vivo”, os jogos on-line são aplicações onde a qualidade da Internet é crítica. Em casos onde a latência é alta, seus comandos demoram para chegar no servidor. Eles utilizam uma mistura de UDP e TCP. Mensagens enviadas no chat sempre chegam, mesmo com atraso, pois são enviadas utilizando TCP, porém o “andar pela fase” geralmente utiliza UDP (por ser “ao vivo”). É por isso que na maioria dos jogos, quando ocorre um problema na Internet, você acaba sendo “teletransportado” para outro lugar pois os dados que levariam o seu personagem a caminhar até lá foram perdidos. Por serem extremamente sensíveis, os jogos precisam de uma Internet com uma latência baixa, de até 80 milisegundos, e uma banda de download e upload razoável. O upload é importante pois é necessário enviar constantemente suas ações no jogo para o servidor.

Não, seu acesso à Internet em algum momento tem que medir 10Mbps ou próximo disso (pelo menos 80% da velocidade contratada). Dois aspectos explicam a razão dos contratos serem assim:

Realize um teste sem a utilização de roteadores e certifique-se que não está executando programas que ocupem a rede, CPU e memória. Analise os indicadores de jitter, latência e perda de pacotes pois estes independem do plano contratado. Analise se a velocidade entregue (banda) é a mesma (ou próxima) a contratada. Repita o teste em diferentes horários do dia.

A velocidade contratual, representa a máxima velocidade configurada dentro da rede ADSNET. A internet em si, e formada por computadores e servidores conectados por diversos meios de comunicação. Quando você acessa um determinado site, você está passando por várias redes interligadas. Se uma delas estiver sobrecarregada ou com mau desempenho, sua velocidade será menor. Muitos desses sites, são hospedados fora do país, onde a latência natural mínima e 120ms, resultando em carregamentos mais demorados. A velocidade com que você acessa determinada aplicação na internet pode variar devido a diversos fatores: banda de conexão do site/servidor acessado, quantidade de conexões simultâneas no servidor, configuração do micro e softwares utilizados simultaneamente à conexão (ex: antivírus, firewall, programa de troca de mensagens, programas de troca de arquivos), que podem demandar banda da internet e recursos do seu computador (principalmente processador e memória RAM), eventuais vírus residentes no seu computador, afetando o desempenho e consumindo a banda de internet.